TENDA DOS MILAGRES: O INTELECTUAL NEGRO E A MILITÂNCIA CONTRA A ELITE RACISTA

Aline Santos de Brito Nascimento (UNEB)
2018 Miguilim  
Resumo Tenda dos milagres, de Jorge Amado, é aqui analisada e fundamentada a partir da discussão acerca dos intelectuais negros e sua produção, da crítica pós-colonial acerca da identidade negra, e do trabalho intelectual de militância. A metodologia da pesquisa, qualitativa, incluiu a análise de conteúdo e de discurso, e método indutivo. O texto aborda o personagem que se torna escritor, Pedro Anchanjo, e seu adversário intelectual, Nilo Argolo, médico conhecido pelas ideias carregadas de
more » ... carregadas de preconceito. Os resultados apontam que as obras de Archanjo, mestiço, pobre, só são reconhecidas a partir do interesse de Levenson, estrangeiro renomado. Seus livros retratam principalmente um trabalho de militância contra o preconceito, a violência e a intolerância dos brancos diante dos rituais de origem africana. Miguilim -Revista Eletrônica do Netlli | V. 7, N. 1 Abstract Tent of miracles, of Jorge Amado, is here analyzed and justified from the discussion of black intellectuals and their production, post-colonial criticism about black identity, and intellectual militancy work. The research methodology, qualitative, included content and discourse analysis, and inductive method. The text addresses the character who becomes a writer, Pedro Anchanjo, and his intellectual adversary, Nilo Argolo, a doctor known for charged ideas of prejudice. The results show that the works of Archanjo, mestizo, poor, are only recognized from interest Levenson, reputed foreign. His books mainly portray a militant work against prejudice, violence and intolerance of white about the rituals of African origin. Entradas para indexação PALAVRAS-CHAVE: Identidade negra. Literatura. Colonização. Mestiçagem. Apresentação: a obra amadiana entre a ficção e a realidade Este artigo tem o objetivo de analisar a obra ficcional Tenda dos milagres, de Jorge Amado, à luz de teorias que fundamentam a discussão acerca dos intelectuais negros e sua produção teórico-crítica e, ou literária, além de discutir aspectos da crítica pós-colonial relativa à identidade negra. O personagem que protagoniza a obra em estudo, Pedro Anchanjo, exemplifica aqui uma militância contra a elite racista, a partir dos textos que publica. Assim, a obra, num trabalho, de certo modo, metalinguístico, configura-se como uma narrativa sobre um autor que sofre o preconceito e, através de seus textos, busca combatê-lo.
doi:10.47295/mgren.v7i1.1540 fatcat:im5karbt5zc4dbdqlsurq3f3zi