Contextualização das ações afirmativas na graduação de uma universidade federal recém emancipada em Goiás

Vera Lúcia Banys, Andréia Vitor Couto do Amaral, Alana Flávia Romani, Ana Carolina Gondim Inocêncio, Sandra Aparecida Benite-Ribeiro
2020 Research, Society and Development  
Objetivou-se quantificar as ações afirmativas na Universidade Federal de Goiás, Regional Jataí (UFG-REJ), entre 2010 e 2018, a partir do número de ingressantes. Foi realizado o estudo retrospectivo e censitário dos dados relativos aos cursos de graduação através da análise descritiva e a investigação se desenvolveu a partir de pesquisa documental, bibliográfica e empírica utilizando os dados disponíveis na Coordenação da Graduação incluindo medidas de acompanhamento e permanência dos discentes.
more » ... ncia dos discentes. Os dados foram organizados utilizando-se o programa Excel 2013 da Microsoft®, versão para Windows 10, que permitiu a montagem de quadros e gráficos pelo agrupamento das informações por ano, e por unidade acadêmica especial, estudantes com deficiência, tipo de deficiência, autodeclarados pretos pardos e indígenas, renda familiar e oriundos de escola pública. Em 2010, 25,16% dos matriculados ingressaram pelo UFGInclui na cota de estudantes provenientes de Escola Pública enquanto em 2018, 34,39% ingressaram pelas cotas. No mesmo período, do total de 5.700 alunos matriculados, 0,62% declararam necessidades especiais. Em conclusão, o histórico de ações afirmativas na UFG-REJ mostrou-se razoável e proporcional ao praticado no território brasileiro. No entanto, ainda são necessárias ações financeiras e pedagógicas. A análise realizada neste estudo será primordial para o delineamento de ações futuras na UFJ uma vez que é necessário contextualizar o histórico desses alunos e conhecer o perfil dos ingressantes permitindo, não somente o seu ingresso, mas a sua permanência na instituição.
doi:10.33448/rsd-v9i9.7720 fatcat:ddeirzp4zvf6teszw3r5xvl7ya