PRAZER, JUVENTUDE E FELICIDADE NA POESIA POPULAR

Júlia Constança Pereira Camêlo
2004 Outros Tempos – Pesquisa em Foco - História  
Analise dos poemas a Cocanha e a Viagem a São Saruê, bem como a conotação dada por eles a idéia imaginária de um Paraá­so Terrestre, no qual o prazer, a ausência de trabalho, e proibições são o segredo para a felicidade do homem. A Cocanha foi escrito no século XIII e São Saruê em 1978, século XX. Apesar dos séculos que separam os poemas podemos encontrar semelhanças que nos leva a concluir que o poeta popular, nordestino, tinha conhecimento pela tradição oral, da Cocanha.
doi:10.18817/ot.v1i1.374 fatcat:r3fji3mhzfdkthzwc2hartiw2i