Infância nada iludida: o que dizem as crianças sobre os comportamentos e riscos on-line

Mayra Fernanda Ferreira
2020 ComHumanitas  
Este estudo abre espaço à reflexão sobre a relação das crianças com a mídia digital a partir do diálogo infantil acerca dos usos, atividades e segurança que vivenciam on-line. Considerando os conceitos e os debates sobre a infância nativa digital, por meio da interlocução com 20 sujeitos infantis de nove a 11 anos em quatro grupos focais, são elucidadas as opiniões das crianças sobre o comportamento de estarem conectadas, interagindo em rede, e sobre as situações vivenciadas on e off-line que
more » ... on e off-line que põem em xeque questões relacionadas à segurança. A partir dos dizeres infantis, confirma-se sua conexão à mídia digital, com autonomia e certa dependência, destacando positivamente as atividades que são realizadas por estarem conectadas. Por outro lado, a criticidade infantil demonstra que estão atentas aos riscos a que podem estar sujeitas em rede e que concordam com mecanismos de controle e vigilância, em especial pela família e pela escola, para se protegerem on-line. Essa avaliação das crianças elucida os aspectos positivos e negativos para uma geração digital e demonstra que há espaço para as opiniões infantis, em especial sobre temas presentes em seu cotidiano.
doi:10.31207/rch.v11i1.227 fatcat:p2mqc4ix5rdo7ndpw2pxxsewcy