POSSE(SSIVOS), PAPÉIS TEMÁTICOS E A CATEGORIA SEMÂNTICA CONTROLE | POSSESSION(SHIP), THEMATIC ROLES AND THE SEMANTIC CATEGORY CONTROL

Paulo Jeferson Pilar Araújo
2016 Estudos Linguísticos e Literários  
<p>Discute-se a proposta de que para melhor caracterizar as relações de posse predicativa, a categoria semântica Controle deve ser considerada, perspectiva essa que vai além da observação de paralelismo de papeis temáticos e de movimento de núcleos funcionais para lidar com possessivos e outros domínios. Para isso, as análises unitaristas ou localistas de Freeze (1992) para locativos, existenciais e possessivos são apresentadas, chamando para o debate as particularidades de línguas que utilizam
more » ... ínguas que utilizam possessivos comitativos (LEVINSON, 2011). Partindo de uma análise inicial de Belvin (1996), constata-se que a categoria Controle necessita de uma formalização mais adequada para lidar com as diversas relações próximas das de possessivos (ARAÚJO, 2013).</p><p><strong>Abstract:</strong> It is discussed the proposal that to better characterize the predicative possession relations the semantic category Control should be considered. Such perspective goes beyond of the observation of thematic parallelisms and functional heads movement to deal with possessives and other domains. For this, the unitarist or localist analysis by Freeze (1992) and others to locative, existential and possessive are presented, calling to the debate the languages which use comitative possessives (LEVINSON, 2011). From an initial analysis by Belvin (1996), it appears that the control category requires a more appropriate formalization to deal with the various relations close close to that of possessives (ARAÚJO, 2013).</p><p>Keywords: Ownership; Possessives; Control; Unitarism, Thematic Roles.</p><p> </p>
doi:10.9771/ell.v0i54.18112 fatcat:v5auh5qau5cavmdp2ay7vhewna