PIODERMA GANGRENOSO EXTENSO EM UM PACIENTE NÃO ADERENTE AO TRATAMENTO

Gustavo Martins, Fred Bernardes Filho, Letícia Soares Sasso, Andreia Oliveira Alves, Ystannyslau Bernardes Da Silva, Fernanda Coelho Rezende, Caroline Graça Cunha
1970 Revista da Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia  
Fundamentos e Objetivos: Apesar do trauma térmico no grande queimado ser agudo e do pioderma gangrenoso ser uma doença imunomediada, muitos aspectos são comuns nesses dois grupos de pacientes. Defendemos que as regras usadas na determinação da percentagem de pele acometida no grande queimado sejam também usadas nos casos extensos de pioderma gangrenoso. Bem como uma rotina de suporte clínico - claramente seguida nos queimados - mas nem sempre nos pacientes com pioderma gangrenoso.Relato de
more » ... noso.Relato de caso: Paciente masculino com quadro clínico extenso de pioderma gangrenoso, não aderente ao tratamento, apresentava lesões úlcero vegetantes e cicatrizes cribiformes. Após apresentar melhora clínica, não retornou em consulta.Conclusões: Em casos graves e extensos, nos quais a percentagem de acometimento da pele supere 20% da superfície corporal, a abordagem do pioderma gangrenoso deve ser semelhante a de um grande queimado, com exame clínico e avaliação da hidratação corporal periódicos.
doi:10.29021/spdv.71.3.199 fatcat:vte2reptvbdzldiz6vjtqwssli