Apresentação

Inês Amorim, Cláudia Pinto Ribeiro, Francesco Renzi, Gaspar Martins Pereira, Jorge Alves, Jorge Martins Ribeiro, Maria Antonieta Cruz
2018 História - Revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto  
APRESENTAÇÃO Revisitar a Grande Guerra, no seu centenário (1914)(1915)(1916)(1917)(1918), focando, especialmente, a participação portuguesa, foi o desafio lançado para o presente número da História -Revista da FLUP, n.º 9 (2), 2018, cumprindo a periocidade semestral a que a revista se propôs, há dois anos. O repto foi promovido pelos responsáveis do Dossier temático que, ao proporem a abordagem de Portugal e a Grande Guerra, procuraram revisitar e rever a participação de Portugal, não só
more » ... ugal, não só através da frente da batalha, como dos impactos nas colónias e no território metropolitano. Sobre esta temática e a reflexão que se exige, Jorge Alves e Gaspar Martins Pereira desenvolveram um texto, Portugal e a Grande Guerra -Apresentação, que reflete sobre aquele «abismo político e militar», uma vez que, pelas suas consequências, «o mundo não voltou a ser o mesmo». Apresentam a diversidade de tópicos abordados nos diferentes estudos aceites, resultantes de percursos de investigação, realizados quer por investigadores consagrados, quer por jovens investigadores. Na verdade, a resposta ao desafio temático mostrou-se diversificada, resultando em nove artigos que abordam, num quadro bem alargado, os aspetos bélicos, associados à logística naval e à guerra submarina, as dificuldades de abastecimento alimentar, o apoio hospitalar em França, assim como as experiências espirituais e de lazer que insuflaram a dimensão humana e antropológica a um período de extremos e de perdas. Uma aproximação à cidade do Porto, articulada com as movimentações nacionais, permitiu observar as reações à participação portuguesa na Grande Guerra, por parte da Câmara Municipal e dos socialistas portuenses, assim como o papel das autoridades navais e do exército, que estabeleceram os primeiros planos para a defesa do Douro e do porto de Leixões. Um outro texto completa este conjunto de artigos, na rubrica Outros Estudos. Trata-se da apresentação, com algum detalhe, de exemplos significativos das diferentes formas (jornalística, literária e académica) como foi feita, em Portugal, a receção da Antiguidade centrada no túmulo de Tutankhamon, procurando esclarecer as motivações, as suas características e os seus impactos. Finalmente, na rubrica recensões, houve espaço para a análise de uma obra cuja temática se insere no dossier temático. A Guerra que Portugal quis esquecer (2015)
doi:10.21747/0871164x/hist8_2ap fatcat:23bqy7nigbdljjozqhbsyznqlm