Avaliação in vitro do efeito de um dentifrício à base de nanohidroxiapatita na rugosidade de superfície do esmalte dental bovinoEfeito de um dentifrício contendo nanohidroxiapatita na rugosidade do esmalte dental

Patrícia Queiroz Rocha dos Reis, Fernanda Signorelli Calazans, Luiz Augusto Pubel, Eduardo Moreira da Silva, Wesley Veltri Alves, Marcos De Oliveira Barceleiro
2017 Revista Brasileira de Odontologia  
Objetivo: avaliar in vitro o efeito de um dentifrício à base de nanoHAp na rugosidade superficial do esmalte bovino submetido a ciclagem de pH. Material e Métodos: foram utilizados 12 discos de incisivos bovinos divididos em 2 grupos experimentais: Grupo 1 – dentifrício com flúor - Colgate Total 12 (Colgate-Palmolive Industrial LTDA) e Grupo 2 – dentifrício com nanoHAp - Megasonex (Grupo Goldspire LTDA). Os espécimes foram submetidos ao teste de escovação simulada em 30 ciclos, 2 vezes ao dia,
more » ... s, 2 vezes ao dia, e submetidos a um modelo de ciclagem de pH (desmineralização 6 h pH 4,6/ remineralização 18 h pH 7,0 por dia) durante 14 dias. Todos os espécimes tiveram sua rugosidade superficial avaliada inicialmente e após o tratamento, utilizando um rugosímetro de bancada (Surftest SJ 201). Resultados: na análise estatística pela comparação múltipla entre pares, os testes de Bonferroni e Holm demonstraram que após 7 dias não houve diferença estatisticamente significativa no comportamento dos dentifrícios (p > 0,05), porém após 14 dias, houve um aumento das médias de rugosidade no grupo 1 (dentifrício com flúor) estatisticamente significativo (p < 0,05). Conclusão: o dentifrício com nanoHAp promoveu menor rugosidade superficial após 14 dias.
doi:10.18363/rbo.v74n2.p.133 fatcat:ifo5zxep6vhujf75fjxcxer5ku