Dinâmicas dos modos de vida e saúde ambiental no campo: os projetos de desenvolvimento sustentável em assentamentos rurais no Estado de São Paulo [thesis]

José Prado Alves Filho
Aos meus pais, Maria Inês e José (in memoriam); À minha esposa Éva; Aos meus filhos, Mariana e José Neto e minha nora Tathiana; fontes de inspiração, amor, carinho e alegrias, dedico este trabalho. AGRADECIMENTOS Gosto de pensar neste trabalho, ao qual dediquei alguns anos de vida, na forma como um famoso dicionarista definiu o termo "trabalho", expressando a seguinte ideia: "o fruto da aplicação de forças e faculdades humanas". Não de um só agente, mas de um grande coletivo, dinâmico e
more » ... dinâmico e incomensurável, ao qual, às vezes me sinto integrado, às vezes me vejo na ilusão da distância, mas que, a rigor, está, invariavelmente, a nos envolver nesta trajetória da vida. Amizade, inspiração, exemplo, compreensão, apoio, paciência, confiança, e umas tantas outras doses de qualidades humanas moldaram, sem dúvidas, o alicerce que propiciou a transposição desta jornada. Foram muitas as pessoas portadoras destas qualidades e que as "aplicaram", generosamente, nesta construção. A todas elas meu profundo agradecimento. À minha orientadora, Profª Drª Helena Ribeiro, pela confiança em minha capacidade de ação e por oferecer o fundamental apoio traduzido na aceitação da orientação e, posteriormente, na competência, experiência e paciência, propiciando a superação de obstáculos antes vistos por mim como intransponíveis, na cegueira situacional das crises do aprendizado. Aos Professores Doutores Adelaide Cássia Nardocci e Eduardo Garcia Garcia que me acompanharam nos primeiros passos desta construção, agregando colaborações fundamentais para qualificar o projeto de pesquisa como instrumento eficaz para o estudo proposto. Aos Professores Doutores Marcia Faria Westphal e Carlos Machado de Freitas, os quais juntamente com Adelaide Nardocci e Eduardo Garcia compuseram a Comissão julgadora desta tese, pela atenção que dedicaram na leitura da minuta deste trabalho e pelas significativas e valiosas contribuições agregadas nesta versão final. Aos professores e funcionários da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, pelo acolhimento, apoio e por ajudarem a compor esse incrível ambiente de aprendizado, pesquisa e promoção da experiência do saber qualificado e finalístico. À FUNDACENTRO, pela oportunidade e incentivo institucional, apoiando minha disponibilidade para dedicação ao curso de pós-graduação. À Éva Andréa Acél, pela fundamental colaboração no acompanhamento dos trabalhos de campo, exercendo apoio crucial para a realização das oficinas nos assentamentos estudados. À minha família, pelo apoio, interesse, incentivo, compreensão e paciência ao longo de mais esta jornada de minha vida profissional. E, sobretudo, às famílias dos agricultores, assentados nos projetos de reforma agrária participantes do estudo, pela generosa disponibilidade, colaboração e envolvimento na realização do trabalho. A todos minha profunda gratidão e consideração.
doi:10.11606/t.6.2012.tde-27062012-113016 fatcat:65l4idrzyjbd7pkn3rk5orogmi