Classicismo e forma no pensamento estético de Schopenhauer

Márcio Benchimol Barros
2014 Voluntas Revista Internacional de Filosofia  
Tendo por base um exame do papel desempenhado pela noção de forma no pensamento estético de Schopenhauer, o texto procura avaliar o grau de proximidade existente entre este pensamento e as ideias estéticas do classicismo alemão, recorrendo, para tanto, a um estudo comparativo entre as concepções de Johann Winckelmann e as reflexões schopenhauerianas sobre a arte e o belo
doi:10.5902/2179378633919 fatcat:3zrqxslrjbhwpnxhxpvd4ojxfq