Cash for your trash: scrap recycling in America

Antonio de Pádua Bosi
2014 Horizontes Antropológicos  
Cash for your trash foi originalmente escrito como tese de doutorado na área de história na Carnegie Mellon University (EUA), em 2002. Embora seja um dos primeiros estudos especializados sobre a reciclagem de sucata nos Estados Unidos, seu alcance abriga fontes e refl exões que possibilitam rastrear algumas mudanças nas práticas sociais, desde o século XIX, relacionadas ao desperdício e à reutilização de todo tipo de materiais descartados. Este último aspecto é sua característica mais
more » ... tica mais relevante. Inicialmente, Zimring propõe um difícil problema: qual é o signifi cado da reciclagem? Por meio de uma rudimentar escala histórica o autor afi rma que essa atividade é bastante antiga, e encontra registros desde os séculos VIII e VII a.C., quando Isaías e Miqueias profetizaram que Deus converteria os povos de tal modo que "das suas espadas forjariam relhas de arados, e das suas lanças, foices" (p. 13, tradução minha). Sua evidência seguinte aponta para a Europa medieval do século XII e para técnicas de produção de papel a partir de restos de pano. Desse ponto ele se aproxima rapidamente dos séculos XVIII e XIX, e identifi ca a presença de um incipiente mercado para a compra e venda de trapos e ferro-velho, cujos desdobramentos causaram forte impacto econômico e social no século XX, tornando-se um lucrativo e monopolizado empreendimento:
doi:10.1590/s0104-71832014000100017 fatcat:c2pe3cjw5jghfjx6sbcti63xm4