Acesso à reabilitação fonoaudiológica e a continuidade do cuidado pela Atenção Primária em Saúde para vítimas de acidente de motocicleta

Maria Gabriella Pacheco da Silva, Vanessa de Lima Silva, Cynthia Maria Barboza do Nascimento, Mirella Bezerra Rodrigues Vilela, Maria Luiza Lopes Timóteo de Lima
2020 CoDAS  
RESUMO Objetivo Verificar o acesso à reabilitação fonoaudiológica e a continuidade do cuidado pela Atenção Primária à Saúde (APS) em vítimas de acidente de motocicleta. Método Trata-se de estudo realizado em um hospital de grande porte localizado em Recife-Pernambuco, recrutado entre o período de junho e julho de 2014. Após a alta hospitalar todos foram contatados para investigação do processo de reabilitação fonoaudiológica. Para o estudo na Atenção Primária à Saúde, foram utilizadas medidas
more » ... tilizadas medidas de frequência absoluta e relativa. Já os casos em reabilitação foram descritos através de quadros. Resultados Foi verificado que 99 indivíduos foram vítimas de acidentes por motocicletas no período estudado. Desses, 30 entrevistados referiram ter essas queixas de alteração no sistema estomatognático, dos quais 8 estavam em reabilitação e 18 referiram residir em área adstrita a Unidade de Saúde da Família. Os principais obstáculos para o acesso à fonoterapia apontados foram a distância aos serviços de Fonoaudiologia e o tempo de espera para início do tratamento. Um dos aspectos relacionados à continuidade do cuidado pela Atenção Primária à Saúde, como a busca e obtenção de insumos, foi visto como frequente. Ao contrário da visita domiciliar, menos frequente. Conclusão Foram identificados obstáculos que dificultaram o acesso à fonoterapia, assim como fragilidades nos cuidados dispensados pela Atenção Primária, como a visita domiciliar, contribuindo para a fragmentação do cuidado contínuo e integral às vítimas.
doi:10.1590/2317-1782/20192017097 pmid:31851208 fatcat:kkvlmhbtefa3vpbrnyns4dg7xm