A produção científica sobre educação de adultos em Portugal: o que nos dizem as teses de doutoramento?

Paula Guimarães, Ágata Regiane Quissini
2020 Perspectiva  
A educação de adultos apresenta-se como um domínio científico simultaneamente complexo e heterogêneo. Não possuindo uma delimitação claramente definida, constitui um campo híbrido. Ao contemplar contributos teóricos de outras ciências sociais, assume-se também como uma subdisciplina. Apesar desta circunstância, enquanto domínio do conhecimento científico, tem vindo a conquistar o seu espaço. Este artigo procura responder à seguinte questão: como se caracteriza a produção acadêmica no domínio da
more » ... êmica no domínio da educação de adultos nas últimas duas décadas em Portugal, no caso particular das teses de doutoramento? Este texto tem como finalidades a descrição e a análise de teses de doutoramento apresentadas publicamente em universidades portuguesas, entre 2000 e 2018, cujos dados empíricos remetam para este país. Procura-se por esta via compreender o desenvolvimento da produção científica a partir de trabalhos que, em regra, se apoiam em discussões teóricas e empíricas robustas e denotam uma natureza inovadora do ponto de vista da produção do conhecimento. A análise de conteúdo foi a técnica de tratamento de dados selecionada. A discussão dos dados aponta para um aumento de teses, mesmo que irregular, relacionado com o protagonismo da política pública de educação de adultos em desenvolvimento desde 2000. De entre as teses analisadas, aquelas que interpretam práticas de educação de adultos e que se centram sobre os atores deste campo estão em maior número. Finalmente, os dados apontam para a importância das teses que procuram compreender fenômenos relacionados com a aprendizagem (ao longo da vida) e as competências dos adultos.
doi:10.5007/2175-795x.2020.e66106 fatcat:554xnb2lsrc23lb6osplt2hv2q