A evolução da sustentabilidade ambiental urbana e as interferências da ética

Deize Sbarai Sanches Ximenes
2011 Revista LABVERDE  
Resumo A intenção deste artigo é apresentar as influências da ética na evolução da sustentabilidade ambiental a partir do séc. XIX quando ocorre um rápido desenvolvimento das cidades e um crescimento desordenado da população gerando problemas sociais e ambientais. O ambiente natural sofreu, por muito tempo, com a atividade predatória do ser humano, que estimulado por sua ganância, retirou de forma irresponsável e sem planejamento, as riquezas naturais em busca de lucro comprometendo a
more » ... metendo a sobrevivência sustentável. A visão tradicional antropocêntrica enfatiza um desenvolvimento ambiental urbano focado nos interesses e bem estar do ser humano desde a existência do homem, enquanto a biocêntrica, desloca o eixo da ética para os seres vivos e os ecossistemas naturais, onde teremos a introdução à ética ambiental na década de 70 e o conceito de ecodesenvolvimento. Palavras-chave: evolução, sustentabilidade ambiental urbana, ética antropocêntrica, ética biocêntrica, ecodesenvolvimento. 63 nº 02 | São Paulo, Junho de 2011 THE EVOLUTION OF THE URBAN ENVIRONMENTAL SUSTAINABILITY AND THE ETHICS INTERFERENCES Abstract The intention of this article is to present the influence of ethics in the evolution of environmental sustainability from the century XIX when there is rapid development of cities and a disorderly growth of the population generating social and environmental problems. The natural environment has suffered for a long time, with the predatory activity of human beings, that stimulated by their greed, pulled in an irresponsible manner and without planning, natural resources for profit committed to sustainable livelihoods. The traditional view emphasizes an anthropocentric environmental urban development focused on the interests and welfare of human beings since man's existence, while the biocentric, shifts the axis of ethics for living beings and natural ecosystems, where we have the introduction to environmental ethics in 70's and the concept of eco-development. INTRODUÇÃO Como se sabe, o século XIX marcou profundamente o avanço da urbanização e a carência de infra-estrutura, que resultou nas condições atuais das cidades que concentram cada vez mais, grande parte da população do planeta. A ação antrópica, fortemente concentrada nas cidades, gerou grande impacto no ambiente construído e no meio físico em que o ser humano se inseriu. O aumento da população associado à diminuição de recursos naturais conduz as cidades a uma situação de esgotamento iminente. Esgotamento de recursos não renováveis e degradação que ocorre no solo, água, vegetação e ar, pois o ser humano retira do ambiente natural, os recursos necessários para sua sobrevivência e age como se estes fossem infinitos.
doi:10.11606/issn.2179-2275.v0i2p62-80 fatcat:aiy4fzncnjhzpb5dvyh7jz2p4i