State-of-the-art in the implementation of the Humanitude care methodology in Portugal
Estado da arte da implementação da metodologia de cuidado Humanitude em Portugal

Rosa Melo, Paulo Queirós, Luiza Tanaka, Nídia Salgueiro, Rafael Alves, João Araújo, Manuel Rodrigues
2017 Revista de Enfermagem Referência  
Resumo Enquadramento: Humanitude é um termo recente, sendo utilizado pela primeira vez em 1980, por Freddy Klopfenstein. Gineste e Marescotti integraram este conceito e desenvolveram a metodologia de cuidado Humanitude (MCH), tendo surgido os primeiros estudos em Portugal em 2008. Objetivos: Descrever o estado da arte da implementação da MCH em Portugal. Metodologia: Estudo descritivo sobre o estado da arte da implementação da MCH em Portugal. A colheita da informação será realizada através de
more » ... alizada através de bases de dados, sites, livros e entrevistas a informantes-chave. Resultados: A implementação da MCH em Portugal caracteriza-se por formação na ação, investigação, organização de eventos científicos e através de diversas tipologias de publicações: 4 livros, 5 artigos científicos, 1 tese de doutoramento, 4 dissertações de mestrado e 67 comunicações científicas. Conclusão: A implementação da MCH em Portugal foi realizada através de formação na ação, investigação-ação e divulgação. Há necessidade de realização de investigação experimental e aplicada nesta área e publicação dos resultados em revistas nacionais e internacionais para uma efetiva divulgação do conhecimento produzido e disseminação desta metodologia. Abstract Background: Humanitude is a recent term, which was used for the first time by Freddy Klopfenstein in 1980. Gineste and Marescotti have integrated this concept into the Humanitude care methodology (HCM). In Portugal, the first studies on the topic were published in 2008. Objectives: To describe the state-of-the-art in the implementation of HCM in Portugal. Methods: Descriptive study on the state-of-the-art in the implementation of HCM in Portugal. Data will be collected through a search in databases, websites, books, and interviews with key informants. Results: The implementation of HCM in Portugal is characterized by training in action, research, and organization of scientific events and publication of different types of work: 4 books, 5 scientific articles, 1 doctoral thesis, 4 Master's dissertations, and 67 presentations at scientific events. Conclusion: HCM has been implemented in Portugal through training in action, action-research, and dissemination activities. Experimental and applied research studies should be conducted in this area, and their findings should be published in national and international journals for an effective dissemination of both the produced knowledge and this methodology.
doi:10.12707/riv17019 fatcat:pu4pwm3jorg33eks6bjbl52apy