Estudo de áreas suscetíveis a movimentos de massa na Rodovia RS-486 – Rota do Sol

Michele Monguilhott, Dejanira Luderitz Saldanha, Elódio Sebem, Sergio Florêncio de Souza
2010 Pesquisa Florestal Brasileira  
Resumo -O desenvolvimento de novos aglomerados urbanos, bem como a necessidade de escoamento da produção de bens e a maior circulação de pessoas, exige a intervenção do homem em espaços antes não habitados ou preservados da interferência humana. Obras de infraestrutura têm efeito direto sobre os ecossistemas e a RS 486 provoca, além do impacto visual na paisagem, uma forte fragmentação no bioma Mata Atlântica. A retirada da vegetação no entorno da rodovia pode facilitar a ocorrência de
more » ... rrência de desastres naturais relacionados com mudanças na geomorfologia e nos processos intempéricos, resultando em erosão e acomodação do solo. Com o objetivo de mapear áreas vulneráveis e suscetíveis a movimentos de massa na sub-bacia hidrográfica do Rio Três Forquilhas, ao longo da rodovia RS 486, foram empregadas técnicas de geoprocessamento e sensoriamento remoto para a elaboração de mapas de vulnerabilidade ambiental a partir do emprego das variáveis como o uso do solo, geomorfologia, geologia, modelo digital de elevação (MDE), declividade e índices de vegetação (NDVI), aplicando-se o método de análise hierárquica de apoio à decisão conhecido como análise hierárquica de decisão (AHD). Os mapas resultantes atendem ao propósito de definir áreas prioritárias para a atuação da Defesa Civil do Estado do Rio Grande do Sul. Termos para indexação -Vulnerabilidade, movimento de massa, bioma, rodovias, geoprocessamento, sensoriamento remoto. Abstract -The development of new urban areas and the necessity of disposing of goods production and increased movement of people requires the intervention of man in areas previously not inhabited or preserved of the human interference. Infrastructural work sites have direct effects on ecosystems and RS/486 causes, beyond the visual impact on the landscape, a strong fragmentation in Atlantic forest. The removal of vegetation around the highway can facilitate the occurrence of natural disasters related to changes in geomorphology and weathering processes may result erosion and soil accommodation. To study the vulnerability and susceptibility the mass movements of the sub-watershed Três Forquilhas river along the highway RS 486 were employed techniques of GIS and remote sensing to produce maps of environmental vulnerability from employment of such variables as land use, geomorphology, geology, digital elevation model (DEM), slope and normalized digital vegetation index (NDVI) by applying analytic hierarchy process method (AHP) to support decision. The resulting maps matchie the purpose of defining priority areas for action of the Rio Grande do Sul State Civil Defense.
doi:10.4336/2010.pfb.30.61.61 fatcat:xoxkr3sgejeblf363mv4cud2ga