A busca por outros territórios. Deus foi almoçar, de Ferréz

Alexandre Damascena
2013 Fórum de Literatura Brasileira Contemporânea  
Deus foi almoçar é um livro de transição na carreira de Ferréz. Ele, que ficou marcado por uma obra de periferia, resolveu sair da temática local para a universal. Mais amadurecido e influenciado pela leitura de autores como Dostoiévski, imprimiu várias diferenças em relação aos livros anteriores. Além da mudança temática, optou por poucos personagens e, principalmente, pela troca de uma narrativa de ação por um enredo psicológico. O território, elemento fundamental de seus romances, não
more » ... omances, não aparece aqui, pois o espaço ficcional não é localizado. Tampouco o tempo é marcado, apresentando elementos do passado, do presente e até do futuro. O conteúdo, antes tão ressaltado, perde terreno para a forma. O leitor é transportado para um outro mundo, que parece muito com o nosso e, ao mesmo tempo, é um "não-lugarg. Ao entrar por outros caminhos em sua escrita, Ferréz corre o risco de sofrer novamente com a inversão dos olhares. Mas um autor que deseja expandir seu território não pode ter medo de se arriscar.
doi:10.35520/flbc.2013.v5n10a17424 fatcat:u4irfqrjmzbsrbejqqm6dbiqse