A institucionalização do planejamento na gestão universitária

Roselene Garcia Garcia, Milton Cordeiro Farias Filho, Mário Miguel Amin Garcia Herreros
2013 Revista Gestão Universitária na América Latina  
253 | P á g i n a RESUMO O artigo tem como objetivo identificar as ações desenvolvidas no processo de planejamento institucional da Universidade Federal do Pará -UFPA e descrever as instruções normativas que desencadearam tal processo. Trata-se de um estudo com ênfase na mudança organizacional. É uma pesquisa qualitativa do tipo exploratória e descritiva e tem como fundamento o método de pesquisa-ação com uso de observação livre e fontes documentais (legislação federal e outras normas internas
more » ... as normas internas da Universidade) para construção de evidências. O conteúdo dos documentos foi analisado a partir dos conceitos do processo de institucionalização da teoria institucional para estudos de organizações. Os registros de observação serviram de complemento para descrição e interpretação dos documentos. Os resultados demonstram que a preocupação -processo de planejamento -se institucionalizou nas unidades acadêmicas, porém tal fenômeno encontrou limites e ainda está em estágio de pré-institucionalização em outras unidades, já que o sistema de acompanhamento praticamente não existiu de forma geral, o que compromete o "ciclo do planejamento". Conclui que houve avanços nas mudanças planejadas e executadas e que as características organizacionais foram modificadas, porém não ocorreu uma mudança organizacional mais abrangente. Palavras-chave: Universidade. Planejamento. Instituições. Gestão. ABSTRACT The article aims to identify the actions developed in the process of institutional planning at the Federal University of Pará -UFPA and describe the regulatory instructions that triggered this process. This is a study with emphasis on organizational change. It is a qualitative study of exploratory and descriptive and is based on the method of action research using free observation and documentary sources (federal and other internal rules of the University) to build evidence. The content of the documents was analyzed based on the concepts of the process of institutionalization of institutional theory to study organizations. Records of observation served as a complement to description and interpretation of documents. The results demonstrate that concern -planning process -was institutionalized in academic units, but such a phenomenon encountered limits and is still in the stage of pre-institutionalization in other units, since the monitoring system barely existed in general, which compromises the "planning cycle". Concludes that progress has been made on the changes planned and executed and that organizational characteristics have changed, but there was not a more comprehensive organizational change.
doi:10.5007/1983-4535.2013v6n3p252 fatcat:k7vchx7mfjhn7o3u52eswkirxi