A resistência equilibrista. Universidade, clínica e política

Plínio Prado
2018 Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental  
Université de Paris 8 (Paris, França). O presente número da Revista Latinoamericana de Psico-patologia Fundamental aparece num contexto histórico-político e cultural particular, onde a questão da Universidade ocupa de certo modo um lugar central -e com ela, a questão da clínica. Essa centralidade pode ser enunciada em três pontos. 1. Hoje é o 50 e aniversário dos eventos que em 1968 colocaram em causa a Universidade e a sociedade industrial ou pós-industrial na qual ela se inseria e se insere.
more » ... seria e se insere. No Brasil, na América Latina, em «Maio» na França, na Alemanha, nos Estados Unidos, no Japão... jovens, estudantes, professores, cientistas, interrogavam a finalidade do saber, do desenvolvimento e da sociedade. Ora, é precisamente na esteira desse movimento que emergiu na França o projeto da «clínica na Universidade» e, através dele, a problemática da «psicopatologia fundamental». (Como se sabe, o projeto de Manoel Berlinck «se inscreve na linha direta do programa Psychanalyse à l'Université que Jean Laplanche e Jacques Lacan impulsionaram na França, cada um à sua maneira, sob o élan do movimento de 1968. [...] A história do conceito de
doi:10.1590/1415-4714.2018v21n2p219.1 fatcat:axot6noqmze6roidrszxfgbplq