DESENHO ANIMADO E CONFLITOS INTERPESSOAIS: UMA PROPOSTA DE INTERVENÇÃO

Dilian Martin, Sandro De Oliveira
unpublished
Resumo: Dentro de uma perspectiva construtivista sobre os estilos de resolução de conflitos, esta pesquisa teve como objetivos compreender a influência que a veiculação dos conteúdos presentes no desenho animado pode ter na forma como as crianças resolvem conflitos hipotéticos e reais e verificar o efeito de um determinado Programa de Intervenção. A pesquisa foi de delineamento quase experimental e teve uma amostra de 30 crianças de seis a onze anos de idade, distribuídas de forma aleatória em
more » ... forma aleatória em um Grupo Controle (GC) e dois Grupos Experimentais (GE1 e GE2), cada um composto por dez integrantes. Foram realizadas sessões de exposição do desenho animado Ben 10 no GE1 e no GE2, e a aplicação de um Programa de Intervenção voltado para o desenvolvimento de formas mais assertivas de resolução de conflitos no GE2. Para verificar o efeito da exposição aos desenhos e do Programa de Intervenção nos estilos de resolução de conflitos foram feitas sessões de observação das ações das crianças, em momentos de recreação livre, e aplicada a Children's Action Tendency Scale-CATS, ambos os recursos foram empregados como pré e pós-teste nos três grupos (GC, GE1 e GE2). Os resultados demonstraram que, com relação ás comparações inter e intragrupos, relativas ao pré e pós-teste, verificou-se que as variações intergrupos do pré-teste, tanto na CATS como nas observações, não foram estatisticamente significantes, porém houve uma predominância do estilo agressivo nos três grupos. Nas comparações Intragrupos entre pré e pós-teste da CATS, obtiveram-se diferenças significantes no GC no estilo agressivo (pré>pós) e submisso (prépós); na comparação Intragrupos das observações não houve diferenças estatisticamente significantes, porém foi possível verificar um aumento do estilo agressivo no GC e diminuição do estilo agressivo no GE2. Com base nos dados analisados e
fatcat:an35fev4cbekjodi5ldpjb3oc4