GEOQUÍMICA FLUVIAL APLICADA À AVALIAÇÃO DAS TAXAS DE INTEMPERISMO QUÍMICO E REMOÇÃO DE SOLO DA FORMAÇÃO RIO CLARO

Antonio Aparecido Couto Junior, Fabiano Tomazini Conceição, Alexandre Martins Fernandes, Cenira Cunha, Eder Paulo Spatti Junior
2016 Revista Brasileira de Geomorfologia  
Resumo: O objetivo deste trabalho foi determinar, pela geoquímica fl uvial, as taxas de intemperismo químico e remoção do solo na Formação Rio Claro, usando como área de estudo a bacia do Ribeirão Cachoeirinha, Rio Claro (SP). No exutório desta bacia hidrográfi ca foram analisados os seguintes parâmetros: vazão, sólidos totais dissolvidos (STD), sólidos totais em suspensão (STS), temperatura, pH, condutividade elétrica e oxigênio dissolvido. Os resultados revelaram um fl uxo anual de cátions e
more » ... anual de cátions e ânions de 114.3 t a -1 e uma taxa de intemperismo dos minerais silicáticos da Formação Rio Claro de 0.7 m Ma -1 , indicando uma baixa taxa Informações sobre o Artigo Recebido (Received): Balance of Denudation, Sedimentary Rocks, Silicate Minerals. de intemperismo químico destas rochas em relação a outros tipos de rochas (carbonatos, basaltos, granitos, xistos, gnaisses e alcalinas). No que tange a remoção de solos, obteve-se o valor de 169.8 t a -1 , com uma taxa de 9.6 m Ma -1 , sendo tais valores coerentes com os resultados obtidos em estudos realizados na região sudeste do Brasil. Deste modo, nas condições climáticas atuais ocorre o predomínio de remoção de solo em relação à sua formação, ou seja, há balanço positivo de denudação. Abstract: This study aimed to determine through fl uvial geochemistry chemical weathering rates and soil removal of Rio Claro formation in Cachoeirinha stream basin, Rio Claro (SP). In the river mouth the discharge, total dissolved solids (TDS), total suspended solids (TSS), temperature, pH, electrical conductivity and dissolved oxygen were analyzed. The results showed an annual cations and anions fl ow of 114.3 t a -1 and weathering rates of 0.7 m Ma -1 of minerals from Rio Claro formation. These results indicate a low rate of chemical weathering of rocks relative to other rock types (alkaline rocks, carbonates, basalts, granites, schists and gneisses). About the soil removal it was obtained the value of 169.8 t a -1 with a rate of 9.6 m Ma -1 and these values are consistent with the results of studies conducted in southeastern Brazil. Thus, in the current climate there is a predominant soil removal in relation to their training or a positive balance of denudation.
doi:10.20502/rbg.v17i3.1006 fatcat:4ycdazd7ybfb7pnuwqtocjgnyu