Ritual e narrativa: A supplicatio no mito da Fortuna Muliebris (Dionísio de Halicarnasso, Antiquitates Romanae, 8. 39.1-53.1)

Claudia Beltrão Rosa
2015 Varia História  
Mitos e rituais criam e reforçam os laços entre indivíduos e comunidade, legitimando o grupo e a autoridade, envolvendo o potencial mimético das performances. O principado augustano foi um momento rico de criação e de ressignificação de rituais e de mitos, expressos em ações e intervenções espaciais e numa literatura cuja observação permite uma via de acesso à compreensão do sistema de valores, do uso das tradições e das inovações no espaço público romano. Este artigo tratará da etiologia do
more » ... da etiologia do santuário da Fortuna Muliebris na versão de Dionísio de Halicarnasso. As narrativas etiológicas da Fortuna Muliebris são um dos elementos mais significativos para a análise do sistema de valores e das distinções de gênero na Roma augustana, e estarão em pauta elementos verbais e visuais da performance das personagens, interessando à análise elementos vinculados a normas e tradições do ritual da supplicatio.
doi:10.1590/0104-87752015000100008 fatcat:klss2q33vnfetgyohoz535iii4