Cotidiano, racionalidade e sereias: o "dilema do prisioneiro" como metáfora da questão ambiental

Ricardo Barbosa Lima, Maria das Graças Rua
2003 Sociedade e Estado  
O artigo parte da constatação de que, entre os brasileiros, a existência de uma horizontal e disseminada consciência ambiental não se faz acompanhar de uma prática cotidiana consistente. Ou seja, mesmo diante do diagnóstico da crise ecológica global ou dos limites do crescimento do atual padrão de desenvolvimento socioeconômico, os indivíduos parecem agir no sentido de sua auto-destruição. A pergunta que então se apresenta é: O que leva indivíduos bem informados sobre como e por que agir
more » ... por que agir corretamente, a não fazê-lo? Como explicar este fenômeno? Neste pequeno artigo propomos uma aproximação entre a problemática ambiental, o descompasso entre o que se professa e o que se pratica, e o instrumental teórico-metodológico proposto por Elster.
doi:10.1590/s0102-69922003000100005 fatcat:r4vtmt5h6fhm7cqoifxk5ijpky