Os Congressos Agrícolas do Rio de Janeiro e de Pernambuco e a educação (1878)

Maria Isabel Moura Nascimento, Manoel Nelito Matheus Nascimento
2013 Revista Histedbr On-line  
Este artigo apresenta um estudo sobre a educação nos Congressos Agrícolas do Rio de Janeiro e de Pernambuco (1878) realizado com o principal objetivo de examinar como se manifesta a proposta de constituição de escolas nos Congressos Agrícolas. Na segunda metade do século XIX, quando a sociedade brasileira intensificou o debate sobre o fim da escravidão e a iminente crise (falta) de mão-de-obra. A promulgação da Lei do Ventre Livre em 1871 acirrou o debate, levando a classe dominante, composta
more » ... minante, composta principalmente de grandes fazendeiros de café, a criar instituições para os primeiros (ingênuos) "libertos", assim como propôs a criação de asilos e orfanatos de educação agrícola para receber e preparar as crianças para o trabalho. Os discursos apresentados nos Anais dos dois Congressos Agrícolas revelam que a ensino primário e a instrução agrícola associado muitas vezes às leis coercitivas, eram compreendidos como essenciais para tornar possível a utilização do elemento nacional no serviço agrícola. Consideravam que os ingênuos e demais homens livres deveriam ser "recuperados" para uma vida digna, uma vida de trabalho, por meio da educação.
doi:10.20396/rho.v13i52.8640229 fatcat:byjzcisn4rft5btrflrbfb4354