Reflexões para ações educativas em conjuntos urbanos tombados: Ouro Preto

Simone Monteiro Silvestre Fernandes
2019 Revista CPC  
Este artigo apresenta parte das considerações levantadas pela autora no desenvolvimento de sua dissertação de mestrado no Programa de Mestrado Profissional em Preservação do Patrimônio Cultural do Instituto do Patrimônio Histórico e Artísitico Nacional (Iphan), cujo estudo teve como foco suas inquietações e observações como historiadora, atuando na área educativa do Escritório Técnico de Ouro Preto, do Iphan. Ouro Preto se transformou num lugar repleto de significados, onde a imagem da "cidade
more » ... imagem da "cidade colonial" ficou consolidada. A escolha de apenas parte da cidade reflete numa imagem incompleta, dificultando o reconhecimento e o sentimento de pertencimento por parte dos cidadãos, que percebem uma porção de suacidade sendo tratada como monumento e a outra porção sendo esquecida, desconhecida. As informações levantadas sobre as ações desenvolvidas na década de 1980, em Ouro Preto, se refletem nas ações hoje desenvolvidas pela Casa do Patrimônio de Ouro Preto e serão o foco das questões e reflexões levantadas nesse trabalho, pois acreditamos que as cidades podem ser vividas como um bem cultural centrando nossas atenções nas relações sociais e afetivas criadas em torno delas.
doi:10.11606/issn.1980-4466.v14i27espp90-110 fatcat:xeydqr3w75clnkcmkidptm226q