"A Montezuma", poema de Engelbert Mveng

Pablo Simpson
2019 Cadernos de Tradução  
O objetivo deste artigo é apresentar uma proposta de tradução do poema "A Montezuma" do poeta e teólogo camaronês Engelbert Mveng (1930-1995) e contextualizar, em seguida, dois aspectos da teologia de Mveng que se fazem notar no poema: o debate, por um lado, sobrea inculturação da mensagem católica no contexto africano, por outro, a ética cristã que Mveng faz recuar à compreensão das preces africanas como berço de um monoteísmo "transcendente e absoluto".
doi:10.5007/2175-7968.2019v39nespp318 fatcat:lzjfyq6ymfet3itpbnsiwxqp6m