Avaliação do impacto psicossocial do diagnóstico e tratamento do câncer na vida de familiares cuidadores de pacientes em regime de internação hospitalar

Tatiane Ribeiro Oliveira, Juciléia Rezende Souza
2017 Tempus Actas de Saúde Coletiva  
O diagnóstico de câncer representa um desafio para pacientes, familiares, cuidadores e profissionais de saúde. Nesse contexto é importante voltar o olhar para o familiar cuidador e identificar como ele é afetado pelas suas responsabilidades com o paciente com câncer, para que sejam desenvolvidas alternativas e intervenções adequadas para favorecer sua qualidade de vida e seu bem estar emocional. Este artigo é resultado de uma pesquisa exploratória, utilizando método quantitativo, desenvolvida
more » ... ivo, desenvolvida com a finalidade de avaliar o impacto do processo de cuidar de um parente com câncer durante o período de internação hospitalar. A coleta de dados ocorreu ao longo de quatro meses no Hospital Universitário de Brasília e foram utilizados os seguintes instrumentos: Escala de Ansiedade e Depressão Hospitalar – HAD; Caregiver Reaction Assessment (CRA); entrevista estruturada para coleta de dados sociodemográficos da díade e médicos clínicos do paciente. Segundo os dados coletados, foi possível identificar que o estado de humor do paciente – ansiedade, depressão e distress – mostrou correlação significativa positiva com estado de humor do cuidador, diferente das demais variáveis. Também, um maior nível de sobrecarga no cuidado estava relacionado significativamente com o nível de ansiedade nos pacientes. O estudo sugere que cuidar do estado emocional do paciente pode ter maior impacto na minimização da sobrecarga do cuidador e vice-versa, confirmando a necessidade de compor as equipes com profissionais treinados para o manejo de dificuldades emocionais e, em especial, psico-oncologistas.
doi:10.18569/tempus.v11i1.2228 fatcat:6ljyaqw5qbegflqfpynhly5mgy