Teologia do brinquedo: a vida e corpo como fins em si mesmos em Rubem Alves

Roberto Carlos Conceição Porto
2020 Caminhando  
ResumoEsta pesquisa se propõe a analisar a teologia do brinquedo de Rubem Alves. O tema aparece em um pequeno capítulo do livro "variações sobre a vida e a morte" (1981). Contudo, embora curto, o texto é denso e inovador. Alves entende que a importância do brincar está no fato de ser um fim em si mesmo. Brincando, o desejo se torna prazer e reinventa toda a realidade, livre de amarras e opressão. O brinquedo permite compreender que a vida, o corpo e as atividades humanas são fins em si mesmos e
more » ... fins em si mesmos e não um meio para se alcançar alguma coisa. Desta forma, o brinquedo é, assim, uma denúncia à lógica do mundo adulto. A teologia, para ser palavra que liberta, precisa, antes, ser amiga da palavra que brinca.Palavras Chave: Rubem Alves; teologia do brinquedo; desejo; prazer; fins em si mesmos; denúncia.
doi:10.15603/2176-3828/caminhando.v25n1p229-243 fatcat:pqq462icrbhqpltchm7kyufnum