Agamémnon e Clitemnestra na escola: Os clássicos como tema estruturante de The Browning Version

Nuno Simões Rodrigues
2019 FORTUNATAE Revista Canaria de Filología Cultura y Humanidades Clásicas  
RESUMEN Este texto analisa a forma como o dramaturgo inglês Terence Rattigan recorre à tragédia Agamémnon de Ésquilo para dar corpo ao texto dramático de sua autoria, The BrowningVersion (1946). A análise que se propõe contempla ainda a forma como os elementos da cultura grega foram incluídos e adaptados nas versões cinematográficas que Anthony Asquith e Mike Figgis fizeram da peça de Rattigan em 1951 e 1994, respectivamente. ABSTRACT This essay analyzes the way in which the English playwright
more » ... English playwright Terence Rattigan uses the tragedy Agamemnon by Aeschylus to structure the dramatic text of his authorship, The BrowningVersion (1946). The proposed analysis also takes into consideration how the elements of Greek culture were included and adapted in the film versions that Anthony Asquith and Mike Figgis made of Rattigan's play in 1951 and 1994, respectively. Este estudo insere-se numa problemática mais ampla: a da recepção dos temas clássicos na cultura contemporânea, mais concretamente no cinema 1 . Com efeito, a Antiguidade Clássica e as temáticas a ela associadas nunca deixaram de estar presentes nas fórmulas culturais que o Ocidente tem conhecido ao longo da sua história, até aos dias de hoje. O cinema, como expressão privilegiada da cultura, umas vezes popular, outras erudita, não é excepção a essa regra. O caso que aqui apresentamos é disso exemplo. Mas The Browning Version tem ainda a particularidade de traduzir dois tipos de recepção: aquela que se verifica no cinema, claro; mas também aquela
doi:10.25145/j.fortunat.2019.29.006 fatcat:qcggmimklvenrdthvaarc3pec4