Trabalho, educação e sociedade: a formação do trabalhador no âmbito da acumulação do capital

Fabiane Santana Previtalli, Maria Vieira Silva
2012 Revista Histedbr On-line  
O objetivo deste trabalho é discutir em uma perspectiva histórica, tomando comoreferência a via de acumulação taylorista-fordista do capital e a via da acumulação flexível,a relação trabalho e educação, problematizando as diferentes dimensões entre organizaçãoe controle do trabalho, capacitação e qualificação profissional. Busca-se analisar quais sãoe até que ponto um conjunto de novas qualificações e habilidades demandadas pelasempresas estão implicando em maior autonomia do trabalhador no
more » ... trabalhador no chão de fábrica erevertendo a extrema divisão entre concepção e execução do trabalho, pilar do padrão deacumulação taylorista-fordista. Entende-se que historicamente o capital se apropria dossaberes da classe-que-vive-do-trabalho, aplicando-o, enquanto técnica, à produção demercadorias, resultando em um constante processo de desqualificação profissional eintensificação do trabalho. As analises estão fundadas em estudos de casos de setoreseconômicos***.
doi:10.20396/rho.v9i33e.8639529 fatcat:26x2ljodrzfzzhrry2dj372d2a