DIFERENÇAS SALARIAIS E DISCRIMINAÇÃO POR GÊNERO E COR NA REGIÃO NORTE DO BRASIL

Maylisson Rodrigo Fonseca, Matheus Demambre Bacchi, Davi Winder Catelan Catelan, Priscila Akimi Hayashi, Katy Maia
2018 Revista de Políticas Públicas  
O artigo resulta de um estudo cujo objetivo foi analisar a discriminação salarial de gênero e cor de pele na região Norte do Brasil em 2004 e 2013. Com base nas teorias do capital humano, segmentação e discriminaçãoe a partir dos dados da PNAD/IBGE, estimaram-se as equações de determinação dos salários e utilizou-se a decomposição de Oaxaca-Blinder para detectar a discriminaçãosalarial. Verificou-se que o impacto discriminatório foi o principal responsável pela disparidade salarial existente. O
more » ... larial existente. O hiato salarial entre brancos e não brancos deveu-se à diversidade nos fatores produtivos individuais. Além disso, a aproximaçãodas características produtivas dos trabalhadores influenciou positivamentena redução das diferenças salariais entre gênero e negativamente na corda pele. O artigo conclui, ademais, que o fator discriminatório se reduziu no período, sendo os mais significativos decréscimos para os indivíduos não brancos.Palavras-chave: Mercado de trabalho, diferenças salariais, discriminação, políticas públicas.
doi:10.18764/2178-2865.v21n2p739-760 fatcat:klg7hnlupfaajmmao7kx2ljkae