Avaliação dos critérios de projeto da Norma Brasileira NBR 12209/2011 aplicados a filtros biológicos percoladores com meio suporte plástico

Ana Silvia Pereira Santos, Eduardo Fazza Dielle, Renata de Oliveira Pereira, Sue Ellen Costa Bottrel
2020 Revista DAE  
Na Norma Brasileira NBR 12.209/2011, o Filtro Biológico Percolador - FBP apresenta a possibilidade de uso de meio suporte plástico, com novos valores para os parâmetros de referência. Para tanto, os parâmetros de projeto, como a carga orgânica volumétrica (COV), a taxa de aplicação superficial (TAS) e a profundidade do filtro (H), foram alterados para se adequarem melhor às particularidades desse meio suporte. Nesse sentido, este trabalho visa apresentar uma análise crítica dos valores limites
more » ... os valores limites estabelecidos para esses parâmetros, por meio de cálculos teóricos. Observou-se que as vantagens associadas à utilização do meio suporte plástico, de possibilidade de aplicação de COV elevada e de elevada profundidade de meio suporte (até 12 m), com a consequente redução de área ocupada, não são facilmente alcançadas. Ao se elevar a profundidade do meio suporte ao limite determinado pela Norma, alcança-se uma carga orgânica volumétrica bastante inferior àquela sugerida para este fim e taxas de aplicação superficial superiores ao limite máximo recomendado. Alcança-se no máximo 9,0 m de profundidade, considerando-se o FBP precedido pelo Reator UASB, com TAS = 75 m3.m-2.d-1 e COV = 1,0 kgDBO.m-3.d-1. Para a mesma TAS e COV = 1,5 kgDBO.m-3.d-1foi possível alcançar somente 6,0 m de profundidade de meio suporte. Palavras-chave: Tratamento de esgoto. Carga orgânica volumétrica. Taxa de aplicação superficial. Profundidade do filtro.
doi:10.36659/dae.2021.010 fatcat:fwy42byj35bh3ixzjdo275ukhy