MIGRAÇÃO, TRÁFICO DE PESSOAS E TRABALHO DOMÉSTICO

Natália Ramos
2015 Revista de Políticas Públicas  
O artigo destaca que os percursos migratórios são hoje mais complexos, feminizados, qualificados, internacionalizados e individualizados, atingindo todos os continentes, países, géneros, classes sociais e gerações. Considera que eles estão na origem de transformações identitárias, familiares, sociais, laborais, culturais e políticas, implicando os vários domínios da esfera pública e privada. Evidencia que, nas últimas décadas, assistimos não só ao crescimento e diversificação das migrações
more » ... das migrações internacionais, principalmente femininas, como também à generalização e globalização do trabalho feminino migrante, com muitas mulheresmigrantes a encontrar trabalho no serviço doméstico. Acrescenta que as migrações, particularmente femininas, o tráfico humano, bem como as desigualdades sociais, laborais e de género, constituem objeto de pesquisa e de preocupação dos Estados, de organismos nacionais e internacionais e das políticas públicas nos diferentes setores. Aponta que importa desenvolver uma abordagem integrada e multi/interdisciplinar das migrações, baseada nos direitos humanos fundamentais e em políticas públicas adequadas, reconhecendo a migração, nomeadamente feminina, como um fator essencial de desenvolvimento, mas também as vulnerabilidades, discriminações e exploração associadas.Palavras-chave: Migrações no feminino, trabalho doméstico, género, identidades, tráfico humano, políticas públicas.MIGRATION, HUMAN TRAFFICKING AND DOMESTIC WORKAbstract: The human migrations become nowadays more complex, feminized, qualified, internationalized and individualized. The human migration process has been reaching all continents, countries, genders, social classes and generations. They are rooted in the origin of the identity, family, social, industrial, cultural and political changes, involving various fields of public and private spheres. It is possible to witness in recent decades, not only to the growth and diversification of international migration, mostly female, but also, the generalization and globalization of migrant female labor, many women migrants finding work in domesticservice. The human migrations, especially the female migration, human trafficking, as well as, the social, labor and gender inequalities are the object of research and concern of the states, national and international organizations and public policies in different sectors. In this context, it isimportant to develop an integrated and multi/interdisciplinary approach for migration, based mainly, on human rights and appropriate public policies, recognizing migration, especially, the women migration, not only as an essential factor of development, but also, a factor of the vulnerability, discrimination and associated exploration.Key words: Female migrations, domestic work, gender, identity, human trafficking, public policies.
doi:10.18764/2178-2865.v18n2p425-438 fatcat:wifeuxuqbzeclnpdhx5c3hgwa4