FATORES SOCIOAMBIENTAIS INFLUENCIADOS PELA SECA NA CONSERVAÇÃO DA CAATINGA

Marcelo Alves Maurício da Silva, Maria Núbia Medeiros de Araújo Frutuoso, Sofia Suely Ferreira Brandão Rodrigues, Rejane Jurema Mansur Cutódio Nogueira
2016 Holos  
A caatinga ocupa a maior parte da região semiárida do Brasil, encontrada exclusivamente no território brasileiro e por sua extensão está entre as mais importantes florestas secas do mundo. As estiagens recorrentes e os anos de degradação ambiental tornaram a região pouco desenvolvida e com problemas socioeconômicos acentuados. O objetivo do presente trabalho foi apresentar uma síntese socioeconômica e política sobre a seca do semiárido nordestino enfatizando o bioma da região. Para tanto foram
more » ... . Para tanto foram considerados critérios relacionados à conservação da caatinga e a educação contextualizada, aliados à convivência com o semiárido, fatores necessários para promoção de mudanças substanciais na estrutura social. A metodologia adotada foi uma análise bibliográfica sobre a seca e a conservação do bioma em questão com foco para a educação e o desenvolvimento sustentável. Identificou-se a necessidade de incentivos à agricultura e melhoria dos indicadores sociais, para um aproveitamento maior de parte do potencial produtivo da região semiárida brasileira. A caatinga ocupa a maior parte da região semiárida do Brasil, encontrada exclusivamente no território brasileiro e por sua extensão está entre as mais importantes florestas secas do mundo. As estiagens recorrentes e os anos de degradação ambiental tornaram a região pouco desenvolvida e com problemas socioeconômicos acentuados. O objetivo do presente trabalho foi apresentar uma síntese socioeconômica e política sobre a seca do semiárido nordestino enfatizando o bioma da região. Para tanto foram considerados critérios relacionados à conservação da caatinga e a educação contextualizada, aliados à convivência com o semiárido, fatores necessários para promoção de mudanças substanciais na estrutura social. A metodologia adotada foi uma análise bibliográfica sobre a seca e a conservação do bioma em questão com foco para a educação e o desenvolvimento sustentável. Identificou-se a necessidade de incentivos à agricultura e melhoria dos indicadores sociais, para um aproveitamento maior de parte do potencial produtivo da região semiárida brasileira.
doi:10.15628/holos.2016.4175 fatcat:auvks52nkvf5hl3iliu765jija