Uma análise da eficiência dos gastos públicos hospitalares nas capitais brasileiras

Rogelio Gerônimo-Santos, Marcos Augusto de Carvalho, Sidnei Pereira do Nascimento
2020 Economia & Região  
O objetivo deste estudo foi medir a eficiência dos gastos púbicos hospitalares em todas as capitais brasileiras no período de 1998 a 2016. Mais especificamente auferiu a média dos Índices de Insumos, Índices de Bem-Estar Social e os Índices de Eficiência dos Gastos Públicos com saúde hospitalar nas capitais do Brasil, no período de 1998 a 2016. Após, mediu a influência do Pacto pela Saúde na evolução dos Índices de Eficiência dos Gastos Públicos com saúde hospitalar, a partir do município do
more » ... do município do Rio de Janeiro comparativamente com as demais capitais do país. Para a obtenção dos Índices fez-se necessário o uso de tratamento estatísticos denominados Escore Padronizado pelo Método da Função Distribuição Acumulada Normal. Para aferir os efeitos do Pacto pela Saúde nos Índices de Eficiência dos Gastos Públicos em saúde hospitalar utilizou-se do modelo econométrico denominado de Diferenças em Diferenças com Ajustes de Poligonais. Os melhores desempenhos dos Índices de Eficiência dos Gastos Públicos com saúde hospitalar foram alcançados pelos municípios de Boa Vista, Macapá e Porto Velho. O município do Rio de Janeiro piorou a qualidade dos gastos públicos em saúde hospitalar comparado às demais capitais, após a implantação do Pacto pela Saúde, em 2006.
doi:10.5433/2317-627x.2020v8n2p7 fatcat:4fhsicnffzhdth5gtaie3jatme