Contribuições de Agentes Comunitários de Saúde para a construção do perfil de usuários da Atenção Básica com necessidades de saúde mental

Karyna Duarte Alcântara, Fernando Santos de Carvalho, Manuella Lima Belo, Maria Gerlane de Souto, Adriana Marcia Emidio da Silva, Gabriela Andrade da Silva
2020 Cadernos de Saúde Coletiva  
Resumo Introdução A Atenção Básica à Saúde, que integra a Rede de Atenção Psicossocial (RAPS), deve apresentar papel fundamental para a identificação de casos, acompanhamento e promoção da saúde mental, ações com as quais os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) podem contribuir. Objetivo Analisar a situação de saúde mental do município de Itabuna-BA, comparando informações fornecidas por ACS e pelo Sistema de Informação em Saúde para a Atenção Básica (SISAB). Método Trata-se de pesquisa
more » ... e pesquisa exploratória, descritiva, documental, que recuperou informações do SISAB e de Fichas de Cadastro da Coordenação de Saúde Mental, preenchidas por ACS. Resultados A participação dos ACS elevou em mais de seis vezes o número de pessoas com transtornos mentais identificadas, mas o número de usuários de álcool e outras substâncias foi inferior ao registrado no SISAB. Foram constatadas evidências de desarticulação da RAPS e modelo de atenção biologizante e hospitalocêntrico. Conclusão As fontes de informação se complementaram, evidenciando subnotificação dos casos de saúde mental e bom potencial dos ACS para auxiliar na busca ativa de usuários com transtorno mental, mas não de usuários de substâncias. Problemas de saúde mental relacionaram-se com aspectos de vulnerabilidade socioeconômica, indicando a necessidade de articulação intersetorial para oferecer atenção integral à saúde.
doi:10.1590/1414-462x202028040014 fatcat:grke4l37qve55oacs7v5jfz6ni