Plantas de pimentão cultivadas em ambiente enriquecido com CO2. III. Características dos frutos

Fatima Conceição Rezende, José Antonio Frizzone, Anderson Soares Pereira
2008 Acta Scientiarum: Agronomy  
O experimento foi conduzido na Esalq/USP, em Piracicaba, Estado de São Paulo, com o objetivo de estudar o efeito do aumento da concentração de CO2 e do volume de água aplicado em plantas de pimentão, Capsicum annum L. (Solanaceae), cultivados em vasos, em ambiente protegido. Adotaram-se quatro concentrações de CO2 (367, 600, 800 e 1000 µmol . mol-1) aplicadas diariamente no período da manhã. A irrigação foi realizada utilizando um gotejador por planta, com freqüência de dois dias, sendo
more » ... dias, sendo aplicado quatro volumes de água definidos pela evapotranspiração (30,89 L, 40,7 L, 61,86 L e 82,83 L), com quatro repetições. Foram analisados o comprimento, o diâmetro e espessura da polpa dos frutos das primeiras colheitas. Para todos tratamentos de água a espessura da polpa foi maior nos ambientes enriquecidos com CO2. Nos ambientes com 800 e 1000 µmol . mol-1 de CO2, o diâmetro foi maior nas plantas irrigadas com os menores volumes. Plantas irrigadas com volume de 61,86 L, no ambiente com 800 µmol . mol-1, apresentaram maior comprimento de frutos
doi:10.4025/actasciagron.v24i0.2418 fatcat:r2vd6zkcazfz5fgydpxt6ys6dm