Etiologia e intensidade de manchas foliares em cultivares de trigo em três locais do Rio Grande do Sul, Brasil Etiology and intensity of leaf spot in wheat cultivars at three sites at Rio Grande do Sul, Brazil

Anderson Luiz, Durante Danelli, Erlei Reis, Felipe Rafael, Garcés Fiallos
unpublished
Recibido 16 setiembre 2011; aceptado 31 septiembre 2011 Resumo O presente trabalho teve por objetivo identificar e quantificar os fungos agentes causais de manchas foliares, além de comparar diferentes critérios fitopatométricos. Os experimentos foram realizados com 20 cultivares de ciclo médio nos municípios de Passo Fundo, Santo Augusto e Vacaria, com três repetições cada, em blocos inteiramente casualizados. A avaliação da incidência foi realizada após a coleta das folhas, na floração,
more » ... na floração, através do exame visual de 20 folhas por amostra. A severidade foi estimada pela percentagem da área foliar doente, e o número de lesões foi avaliado pela quantificação de lesões por folha. Para a identifi cação dos agentes causais das manchas foliares, vinte cinco discos de cada amostra foram submetidos à câmara úmida. Após três dias avaliou-se a incidência em lupa e no microscópio óptico. As médias obtidas de incidência, número de lesões e severidade foram submetidos à análise de variância e comparados pelo teste de Tukey a um nível de significação de 5%. A severidade em porcentagem e o número de lesões foram os critérios fitopatométricos mais eficientes para avaliar as enfermidades foliares causadas por fungos, predominando Bipolaris sorokiniana, Drechslera siccans, D. tritici-repentis e Stagonospora nodorum. As cultivares que apresentaram as maiores percentagens de incidência não foram as mesmas que apresentaram o maior número de lesões e severidade. Registra-se o aparecimento D. siccans e o ressurgimento de S. nodorum. Abstract This study aimed to identify and quantify the causal agents of fungal leaf blights, and compare different assessment methods for disease quantification. The experiments were conducted with 20 medium cycle cultivars in Passo Fundo, Saint Augustus and Vacaria counties with three replications in randomized blocks. For evaluation 20 leaves were collected per plot, at flowering stage. Disease severity was estimated by the percent diseased leaf area and lesions number per leaf. For fungus etiology, twenty five discs of each leaf sample containing a lesion were subjected to a humid chamber. After three days incubation fungi identification was performed under a dissecting microscope. The mean incidence, number of lesions and severity data were subjected to analysis of variance and means compared by the Tukey's multiple test at 5% significance level. The severity and lesions number were the most efficient criteria to fungal foliar disease, predominantly Bipolaris sorokiniana, Drechslera siccans, D. tritici-repentis and Stagonospora nodorum. The cultivars with the highest incidence rates were not the same as that presented the greatest number of injuries and severity. Join the appearance D. siccans and the resurgence of S. nodorum.
fatcat:wvcjmvcjy5a3bg52rb7f2eph6a