A Batalha Pelo Ar: A Construção do Fundamentalismo Cristão Norte-Americano e a Reconstrução dos "Valores Familiares" pela Mídia (1920-1970)

K.K. Bellotti
2008 Mandrágora  
RESUMO Esse artigo discute o uso da mídia eletrônica por grupos evangélicos norte-americanos entre os anos 1920 a 1970. Ainda que o uso da mídia por protestantes seja um assunto recente na imprensa secular, essa prática é herdeira da iniciativa de pregadores norte-americanos dos anos 1920. Nosso objetivo é mostrar os primórdios da mídia evangélica norte-americana, as tensões e disputas pelo acesso ao rádio e à televisão, e como esse contexto favoreceu a ascensão do grupo fundamentalista na
more » ... amentalista na comunicação de massas na cultura norte-americana. Por meio do uso da mídia, os fundamentalistas procuraram -e procuram até hoje -constituir uma contracultura não-utópica, visando à defesa dos "valores familiares" e à manutenção dos papéis de gênero em uma sociedade em transformação. Palavras-chave: Comunicação religiosa -Fundamentalismo -Protestantismo -Família -Estados Unidos -Cultura. ABSTRACT This article discusses the use of the electronic media by North-American evangelical groups between the 1920s and 1970s. Although the use of the media by Protestants is a recent subject in the secular press, this practice comes from the initiative of North American preachers of the 1920s. Our goal is to show the early years of the North American evangelical media, the tensions and disputes over the access to radio and television, and how this context favored the rise of fundamentalist groups in the mass communication in the American culture. Through the media, the fundamentalists have sought and still seek to constitute a non-utopist counterculture, aiming at the defense of the "family values" and the maintenance of the traditional gender roles in a transforming society.
doi:10.15603/2176-0985/mandragora.v14n14p55-72 fatcat:hl65pd7a3bd7jlh6leryvgihvq