Indústria cultural, cibercultura e música independente em Brasília: um estudo com as bandas 'Amanita' e 'Feijão de Bandido'

Jean Henrique Costa, Tássio Ricelly Pinto de Farias
2014 Acta Scientiarum Human and Social Sciences  
RESUMO. O presente ensaio objetiva analisar a relação entre o advento das novas tecnologias de gravação digital, o uso da internet como estrutura de comercialização midiática e a ascensão da produção musical independente. Busca-se compreender os denominados mercados fonográficos independentes ('mercados abertos'), uma vez que, no contexto da sociedade da informação, o uso de softwares e hardwares nos processos de produção e registro da música popular propiciou a redução dos custos de gravação,
more » ... ustos de gravação, bem como, o aparecimento de gravadoras e artistas independentes, fazendo legitimar a concepção de cibercultura como uma nova forma de difusão -em rede -dos bens simbólicos. Focamo-nos em Brasília, cidade que ganhou grande destaque no cenário musical brasileiro pela ascensão de bandas independentes de diversos estilos musicais. Nesse sentido, foram entrevistados (via e-mail) integrantes de duas bandas brasilienses que ajudaram a compreender como se efetivam os processos de produção e promoção de uma banda que não tem contrato com uma gravadora tradicional. A pesquisa revelou que a gravação digital tornou bem mais fácil a confecção dos fonogramas que, somada ao auxílio da internet, mais especificamente das redes sociais, tornou mais concreta e possível a promoção de bandas independentes, mesmo sem grandes investimentos materiais e organizacionais. Palavras-chave: indústria cultural, cibercultura, música independente, indústria fonográfica, Brasília/DF. ABSTRACT. Current paper analyzes the relationship between the advent of new digital recording technologies, the use of the internet as a media marketing structure and the rise of independent music production. This analysis investigates the so-called independent phonographic market ('open markets') since, within the context of the information society, the use of software and hardware in production processes and recording of popular music reduced recording costs and the emergence of independent record labels and artists. The concept of cyberspace as a new form of broadcasting -network -symbolic goods is legitimated. Brasilia, a city that became prominent in the Brazilian music scene due to the rise of independent bands featuring different musical styles, is thus focused. Members of two bands from Brasilia were interviewed by e-mail. They were an asset in understanding how the production and promotion processes of a band without any contract with a traditional label took place. The survey revealed that digital recording has made the manufacture of phonograms easier. With the aid of the internet and specifically through the social networks, the enhancement of independent bands became possible even without large investments and organizational materials.
doi:10.4025/actascihumansoc.v36i1.21971 fatcat:n3l44rzotrac3domvaiudf2d4a