Avaliação de técnicas de rádio-rastreamento e marcação do peixe-boi da Amazônia, Trichechus inunguis (Mammalia: Sirenia)

Robin C. Best, G. Gene Montgomery, Megumi Yamakoshi
1981 Acta Amazonica  
Resumo Os resultados de um estudo para avaliar técnicas de rádio-rastreamento e marcação por congelamento, aplicadas no estudo da ecologia de peixes-bois selvagens da Amazônia, são aqui apresentados. Um Trichechus inunguis jovem, macho, foi rádio-marcado e solto numa série de lagos de igapós, próximas de Manaus, Brasil. Um transmissor de 150 mHz foi utilizado, preso a uma cinta, ao redor do pedúnculo caudal desse animal e os movimentos diários foram monitorados por 20 dias, utilizando-se
more » ... tilizando-se técnicas padrões de triangulação. Os movimentos diários do animal (cerca de 2,6 km/d) foram facilmente seguidos e em muitas ocasiões conseguiu-se chegar a uma distância de 3 m dele, sendo que observações de seu comportamento e alimentação foram feitas, tanto visualmente, como através do uso de um hidrofone. Baseadas nas respectivas taxas de movimento, não houveram diferenças significativas nos padrões de atividades diurna e noturna (dia: 0,14 ±0,17 km/h e noite: 0,08 ±0,12 km/h). Cinco meses antes de sua libertação, o animal foi marcado por congelamento, por 25-30 segundos, com um ferrete de cobre e utilizando-se nitrogênio líquido como congelante. Embora houvesse um pequeno dano no tecido cutâneo, a ferida cicatrizou rapidamente, permanecendo uma marca branca, legível. A interpretação dos dados de rádio-rastreamento, em estudo adicionais, é aqui discutida.
doi:10.1590/1809-43921981112247 fatcat:yat3iwayavhxtnvbfsasyckawy