APTIDÃO FÍSICA E LESÕES: 54 SEMANAS DE TREINAMENTO FÍSICO COM POLICIAIS MILITARES

Lia Grego Muniz de Araújo, Marcelo Sanches, Bruna Camilo Turi, Henrique Luiz Monteiro
2017 Revista Brasileira de Medicina do Esporte  
RESUMO Introdução: A aptidão física é imprescindível para policiais militares. Entretanto, apesar de a finalidade do treinamento militar ser o aperfeiçoamento de diferentes componentes da aptidão física, sua execução de forma não adequada pode associar-se ao desenvolvimento de lesões musculoesqueléticas. Objetivo: Verificar o efeito do treinamento físico militar sobre indicadores de aptidão física e incidência de lesões musculoesqueléticas em participantes do Curso de Formação de Soldados da
more » ... o de Soldados da Polícia Militar do Estado de São Paulo. Método: A amostra foi composta por 86 homens que foram submetidos ao Teste de Aptidão Física no início e depois de 54 semanas de treinamento. As informações sobre lesões foram obtidas com questionário específico. Resultados: Houve melhora significativa do volume máximo de oxigênio (VO2máx), resistência muscular localizada, força e velocidade ao final do treinamento. Entretanto, 45,3% dos policiais sofreram uma ou mais lesões, sendo 65,6% delas concentradas nos membros inferiores, 18% nos membros superiores e 16,4% no tronco e na cabeça. O nível osteoarticular concentrou 50,8% das lesões, o nível músculo-ligamentar, 26,3% e o tegumentar, 22,9%. Conclusão: Apesar do resultado satisfatório em relação à aptidão física, a incidência de lesões entre os policiais foi elevada.
doi:10.1590/1517-869220172302158877 fatcat:j5xfsixvy5an7jnszb3ecliqr4