História Antiga e as camadas populares: repensando o Império Romano

Renata Senna Garraffoni
2008 Cadmo Revista de História Antiga  
A navegação consulta e descarregamento dos títulos inseridos nas Bibliotecas Digitais UC Digitalis, UC Pombalina e UC Impactum, pressupõem a aceitação plena e sem reservas dos Termos e Condições de Uso destas Bibliotecas Digitais, disponíveis em https://digitalis.uc.pt/pt-pt/termos. Conforme exposto nos referidos Termos e Condições de Uso, o descarregamento de títulos de acesso restrito requer uma licença válida de autorização devendo o utilizador aceder ao(s) documento(s) a partir de um
more » ... partir de um endereço de IP da instituição detentora da supramencionada licença. Ao utilizador é apenas permitido o descarregamento para uso pessoal, pelo que o emprego do(s) título(s) descarregado(s) para outro fim, designadamente comercial, carece de autorização do respetivo autor ou editor da obra. Na medida em que todas as obras da UC Digitalis se encontram protegidas pelo Código do Direito de Autor e Direitos Conexos e demais legislação aplicável, toda a cópia, parcial ou total, deste documento, nos casos em que é legalmente admitida, deverá conter ou fazer-se acompanhar por este aviso. História Antiga e as camadas populares: repensando o Império Romano Autor(es): Resumo O objectivo central desse artigo consiste numa revisão teórico-metodológica sobre as camadas populares do mundo romano, buscando salientar como essas vêm sendo analisadas na historiografia clássica. Destaca-se a importância do diálogo entre arqueologia e história para produção de interpretações mais plurais acerca do quotidiano dos populares romanos. Palavras-chave: História Antiga; Império Romano; cultura material. Abstract The aim of this paper is to discuss theoretical and methodological issues to study the Roman common people in the early Principate. I will focus on the relevance of an interdisciplinary approach and argue that Classical Archaeology is important to construct more pluralist models to understand the common people daily lives.
doi:10.14195/0871-9527_18_9 fatcat:yberytgbbrdnlciggolqruzhv4