Adaptação psicológica e aceitação do diabetesmellitus tipo 2

Daniela Comelis Bertolin, Ana Emilia Pace, Claudia Bernardi Cesarino, Rita de Cassia Helu Mendonça Ribeiro, Renato Mendonça Ribeiro
2015 Acta Paulista de Enfermagem  
Resumo Objetivo Avaliar a adaptação psicológica, por meio da aceitação da doença, e sua relação com o estresse percebido e valores de hemoglobina glicada A1c de pessoas com diabetes mellitus tipo 2, antes e após participarem de intervenções educativas em grupo. Métodos Estudo quase-experimental desenvolvido em unidade ambulatorial, tendo sido realizadas entrevistas com os sujeitos antes e após eles participarem de intervenções educativas em grupo, utilizando Mapas de Conversação em Diabetes.
more » ... ção em Diabetes. Resultados Os pacientes entrevistados apresentaram melhora da aceitação da doença após as intervenções. Verificou-se relação inversa entre a aceitação da doença, o estresse percebido e a média de hemoglobina glicada A1c, antes e após as intervenções. Conclusão A aceitação da doença pode melhorar após intervenções educativas em grupo. Maiores escores de aceitação da doença foram relacionados a menores escores de estresse percebido e a menores médias de hemoglobina glicada A1c.
doi:10.1590/1982-0194201500074 fatcat:fcqfszu62nha5dyi7xhq5sg624