A perspectiva estética e expressiva na escola: articulando conceitos da psicologia sócio-histórica

Denise de Camargo, Yara Lúcia Mazziotti Bulgacov
2008 Psicologia em Estudo  
RESUMO. Este artigo apresenta uma reflexão sobre as contribuições do campo das artes para a educação. Parte-se da constatação de que em nosso cotidiano as relações entre as pessoas são cada vez mais orientadas por razões econômicas e instrumentais. Compreende-se a escola como invadida por esta lógica e assim perde-se um espaço fundamental de interrogação, o qual é necessário para nos descobrirmos como seres autônomos, singulares e em movimento. Entende-se que a estética pode vir a ser um
more » ... vir a ser um instrumento para a educação dos aspectos sensíveis, levando-nos a descobrir formas até então inusitadas de perceber o mundo. Dimensões das atividades artísticas -estética e expressiva -são conceituadas e passa-se, em seguida, a defender, a partir dos pressupostos da psicologia sócio-histórica, que essas dimensões contribuem para a expressão e organização da emoção e da imaginação. Finalmente, o artigo discute a proposta de oficinas, espaços de ação e reflexão, um fazer próximo à arte. Palavras-chave: estética, psicologia sócio-histórica, atividade expressiva na escola. ABSTRACT. Contributions of Arts on education are provided. Day-to-day relationships between people are more and more guided by economic and functional motives. The school institution has also been invaded by this logic stance and a fundamental space for interrogation has been lost. This has always been necessary to discover ourselves as autonomous, singular and non-static beings. Aesthetics may become an instrument to educate sensitiveness and may lead us to discover a world which has been unknown up to the present. Artistic activities -aesthetic and expressive -are defined whilst these factors contribute towards the expression and the organization of emotion and imagination as from the standpoint of sociohistoric psychology. Workshops as spaces for activities and reflections, or rather, an activity close to Art, are also investigated. PERSPECTIVA ESTÉTICA Y EXPRESIVA EN LA ESCUELA: ARTICULANDO CONCEPTOS DE LA PSICOLOGÍA SOCIO-HISTÓRICA RESUMEN. El artículo presenta una reflexión de las contribuciones del campo de las artes para la educación. Se parte de la constatación de que en nuestro cotidiano las relaciones entre las personas son cada vez más orientadas por razones económicas e instrumentales. Se comprende la Escuela también como invadida por esta lógica y, de ese modo, se pierde un espacio fundamental de interrogación; nos hace falta descubrirnos como seres autónomos, singulares y en movimiento. Se entiende que la estética puede venir a ser un instrumento para la educación de lo sensible, llevándonos a descubrir formas hasta entonces inusitadas de percibir el mundo. Se conceptúa estética y actividad expresiva, se pasa, en seguida, a defender, a partir de las premisas de la psicología socio-histórica, como esas dimensiones contribuyen para la expresión y organización de la emoción y de la imaginación. Por fin el artículo presenta ejemplos de actividades. Palabras-clave: Estética, psicología socio-histórica, perspectiva estética en la escuela.
doi:10.1590/s1413-73722008000300007 fatcat:vtkayldr7bg7lktcqmpbomikam