MONITORIA DE INGLÊS NO ENSINO SUPERIOR TECNOLÓGICO: UMA ANÁLISE CRÍTICO-COLABORATIVA

GLEICE DE DIVITIIS
2017 Pesquisas em Discurso Pedagógico  
Resumo A monitoria pode ser uma oportunidade para que o aluno aperfeiçoe e compartilhe os seus conhecimentos acerca de uma determinada disciplina com seus colegas. No entanto, muitas vezes, essa prática não gera reflexão e uma transformação interna de todos os envolvidos. Nesse sentido, o presente artigo apresenta alguns resultados obtidos no programa de monitoria de Língua Inglesa, de uma faculdade localizada em um município do interior de São Paulo. A pesquisa crítica de colaboração foi
more » ... laboração foi aplicada, como metodologia, com o intuito de refletir criticamente acerca das atividades desenvolvidas. Nessa instituição, em particular, a monitoria de Inglês assume um papel de destaque, visto que 90% dos estudantes afirmam não possuir conhecimentos prévios no idioma. A investigação está fundamentada nos pensamentos de Vygotsky outros. Preliminarmente, contatou-se, após algumas discussões, um maior engajamento dos monitores no programa. Palavras-chave: Monitoria; Língua Inglesa; Pesquisa crítica de colaboração. Abstract A peer tutoring program can be an opportunity for the student to improve and share his/her knowledge related to a specific subject with his/her colleagues. However, this practice seldom generates either reflection or an internal change. From this point of view, this paper presents some results seen in the English Peer Tutoring Program which takes place in a public college located in the interior of São Paulo. Critical research of collaboration was applied as a methodology, with the aim of reflecting critically about the activities used in the program. In this college, in particular, the peer tutoring program assumes an important role due to the fact that 90% of the students state they do not have any previous knowledge of the foreign language. This study is based on the ideas of Vygotsky others. Preliminary results verified, that after several discussions, the participants are more engaged in the program.
doi:10.17771/pucrio.pdpe.32177 fatcat:violcdzm75hujm6tifnmdeym6i