FREQUÊNCIA DE APARECIMENTO DE CRITÉRIOS SUGESTIVOS PARA TRANSTORNO DA COMPULSÃO ALIMENTAR PERIÓDICA EM PACIENTES ATENDIDOS NO AMBULATÓRIO DE NUTRIÇÃO DA FACULDADE DE NUTRIÇÃO EMÍLIA DE JESUS FERREIRO DA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE

Charlene De Abreu Silva, Kelly Beraldo Cardoso Grassano, Sérgio Girão Barroso, Gabrielle De Souza Rocha
2018 DEMETRA: Alimentação, Nutrição & Saúde  
Estudo transversal objetivou identificar a frequência de aparecimento de critérios sugestivos para transtorno da compulsão alimentar periódica (TCAP), analisar a observância à dieta e determinar o estado nutricional dos pacientes atendidos no Ambulatório de Nutrição da Faculdade de Nutrição Emília de Jesus Ferreiro da Universidade Federal Fluminense. Participaram do estudo 30 indivíduos, ambos os sexos, com idades entre 18 e 60 anos, com índice de massa corporal entre 20,33 kg/m² e 49,21 kg/m².
more » ... g/m² e 49,21 kg/m². Para análise da presença de critérios sugestivos de TCAP, foi utilizada a Escala de Compulsão Alimentar Periódica (Binge Eating Scale). Para análise de observância à dieta, foi observada a perda de peso durante as consultas e adesão ao tratamento através da verificação dos prontuários. A avaliação antropométrica incluiu peso corporal, estatura, índice de massa corporal, circunferência abdominal, circunferência de pescoço e índice de conicidade. A amostra foi composta por 20 mulheres e 10 homens, e de acordo com o questionário, 63% (n=19) pacientes não apresentaram critérios sugestivos para TCAP, enquanto 37% (n=11) apresentaram. Com relação ao aparecimento de critérios sugestivos para TCAP, o mesmo estava associado com a observância à dieta (p<0,05) e ao índice de massa corporal (p<0,05), porém não foram encontradas associações estatisticamente significativas com relação a circunferência abdominal, circunferência de pescoço e índice de conicidade. A presença de critérios sugestivos para TCAP está associada à não observância à dieta e a elevados valores de índice de massa corporal.DOI: 10.12957/demetra.2018.29331
doi:10.12957/demetra.2018.29331 fatcat:f6r3gp7tlvhfddxcgd3h2xictm