DEMOCRACIA NO FEMININO: O SILENCIAMENTO HISTÓRICO DE JORNALISTAS MULHERES OPOSITORAS DA DITADURA MILITAR BRASILEIRA, EM ANÁLISE DO CASO MÍRIAM LEITÃO

MANOELA CALDAS DE ALMEIDA PINTO
2020 MIGUEL  
RESUMO Esta pesquisa centra-se no silenciamento histórico da atuação de jornalistas mulheres opositoras da ditadura militar brasileira, com estudo de caso de Míriam Leitão. Analisase a experiência da jornalista Míriam Leitão como profissional e ex-presa política. Jamais para tê-la como uma vivência especial ou isolada, mas como um microcosmo da interseção de jornalismo, oposição à ditadura e feminismo que motivou esta pesquisa. O objetivo é explorar as complexidades político-sociais existentes
more » ... sociais existentes nas redações, nos partidos clandestinos, no poder militar e no próprio feminino dos anos 1960 e 70 no Brasil para, assim, entender os motivos que resultaram nas memórias majoritariamente masculinas construídas sobre a época. Para tal, foram utilizadas bibliografias específicas sobre a jornalista, o regime, a imprensa e movimentos de mulheres, além de uma entrevista presencial com Míriam Leitão. PALAVRAS-CHAVE Jornalismo; Feminismo; Ditadura; Brasil; Míriam Leitão.
doi:10.17771/pucrio.miguel.48594 fatcat:ipnajuijbfhq5grjwwz45gysea