Ocorrência de quedas em idosos residentes em instituições de longa permanência em Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil

Liege Mata Álvares, Rosângela da Costa Lima, Ricardo Azevedo da Silva
2010 Cadernos de Saúde Pública  
O objetivo deste estudo foi descrever a ocorrência de quedas e fatores associados em idosos residentes em instituições de longa permanência para idosos em Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil. Foi utilizado um questionário estruturado com perguntas sobre características demográficas, morbidade, uso de psicotrópicos e ocorrência de quedas. Em dezembro de 2006, foram visitadas todas as 21 instituições de longa permanência para idosos registradas na cidade. Dentre elas, 19 consentiram em participar
more » ... iram em participar do estudo. Foram identificados 377 idosos, mas 96 não tinham condições de responder o questionário e 38 foram recusas. Dos 243 idosos incluídos no estudo, a maioria era mulheres (72,8%) e tinha, em média, 77,7 (DP = 8,9) anos. Cerca de um terço dos idosos (32,5%) sofreu pelo menos uma queda no último ano. A ocorrência de quedas foi duas vezes maior nas mulheres, nos idosos com reumatismo ou doença da coluna e naqueles que utilizavam medicação psicotrópica. Pretende-se que as informações obtidas possibilitem discussões sobre a saúde dos idosos residentes em instituições de longa permanência.
doi:10.1590/s0102-311x2010000100004 pmid:20209207 fatcat:d6swn5kevbcmlf57rwxkjnvyuu