Potencial genético de um sintético de milho de grãos duros para formação de híbridos

Elto Eugenio Gomes e Gama, Manoel Xavier dos Santos, Romário Gava Ferrão, Walter F. Meireles, Cleso Antônio Patto Pacheco, Sidney Neto Parentoni, Paulo Evaristo O. Guimarães
2003 Ciência Rural  
O objetivo deste estudo foi determinar através das estimativas de parâmetros genéticos o potencial de um sintético de milho de grãos duros e de ciclo semiprecoce, para a formação de híbridos e/ou melhoramento intrapopulacional. Foram utilizadas 142 progênies endogâmicas S2 do Sin EEL Flint, em cruzamentos topcrosses com um Sintético heteroticamente contrastante. Essas progênies topcrosses foram avaliadas utilizando-se o delineamento em látice simples 12 x 12, e em dois locais de teste. Os
more » ... de teste. Os maiores valores médios para PED foram observados para os topcrosses n.º 101 (12069kg ha-1) e nº 72 (11068Kg ha-1), tendo o primeiro apresentado comportamento específico para Londrina, e o segunda demonstrado comportamento superior nos dois ambientes. Os valores das estimativas dos parâmetros estudados foram semelhantes aos encontrados em alguns estudos conduzidos em condições tropicais. O grupo de progênies S2 da Sin EEL Flint conduziu a valores médios de <IMG SRC="/img/revistas/cr/v33n4/16678s03.gif" align="absmiddle">, CVg e h² similares aos encontrados na literatura para outros genótipos. Observa-se que esse Sintético possui suficiente variabilidade genética e potencial para extração de linhagens para formação de híbridos e como germoplasma em programas de melhoramento.
doi:10.1590/s0103-84782003000400004 fatcat:j6mxlybxdjhtfalwi2dbu73c3i